Escrever essa publicação foi motivado pelo número de mensagens que recebo sobre doces e personalizados. As perguntas campeãs são quanto fazer de cada coisa e fornecedores. Achei que renderia um texto bem bacana, recheado de dicas para vocês, mas vou precisar fazer em duas partes, nessa primeira vamos falar dos doces e na próxima falamos dos personalizados que envolvem mais papelaria. =)

Se alguém me escreve dizendo que tem pouca grana para investir na mesa do bolo, o que eu sugiro é: invista em doces. Os doces tem o poder de transformar uma mesa, eles dão charme, permitem brincadeiras com o tema e um colorido especial. 

Quero dar algumas dicas sobre como escolher os doces e vou ilustrar com fotografias lindas, mas antes, minha principal dica é: Você não precisa ter muito de cada doce para decorar a mesa, basta que tenha uma pequena quantidade de modelinhos variados. Exemplo: 6 cupcakes de tamanho tradicional, 6 trufas modeladas, etc. 

Vamos as dicas!

DICA 1: 

Se o tema é jardim, você não precisa colocar flores em todos os doces, amplie os horizontes, pense além, visualize todos os itens que podem compor um lindo jardim: Pássaros, flores, gaiolas, borboletas ou a letra inicial do nome do(a) aniversariante. 

O seu jardim é um jardim romântico com estilo? Capriche em texturas, pérolas, bordados e matelassê. 

Essa é uma dica que vale para todos os temas!

Fonte: Pinterest

DICA 2:

Ao contratar um fornecedor avalie o estilo que ele usa, pergunte se ele se importa de copiar um modelo que tenha gostado ou esteja seguro(a) da escolha ao deixá-lo livre para criar. Não esqueça de enviar a paleta de cores e imagens de referência para que ele tenha ideia do que você deseja. 

Trabalho impecável de Jorge Casquilho para a festinha do meu filho. 

 DICA 3: 


Você tem uma infinidade de doces para escolher, confira alguns:

  • Cupcakes tradicionais ou mini;
  • Pirulitos de chocolate, biscoito ou caramelo;
  • Doces simples
  • Doces gourmet
  • Doces modelados
  • Bem vividos
  • Brownies
  • Palhas italianas
  • Cakepops
  • Macarons
  • Tartelets
  • Mini quindins
  • Biscoitos decorados
  • Woopies
  • Pães de mel
  • Copinhos e demais delícias em chocolate
  • Maças do amor
  • Maçãs de chocolate
  • Doces de potinho
  • Bolo de potinho
  • Bombocados

Lembrei dessas opções, mas acreditem, tem muito mais!

Fonte: Pinterest
DICA 4:

Aposte nos brigadeiros gourmet, eles são sempre muito charmosos e todos amam brigadeiros. Neles você pode aproveitar para espetar aqueles tags lindos!

Brigadeiros do Tamara Wehbeh Ateliê para a festinha do Pedro. 

DICA 5: 

Aposte em detalhes especiais para deixar os doces ainda mais bonitos. Algumas pessoas não valorizam o poder de uma forminha linda, uma fitinha trabalha e quem sabe até personalizada, botões, pedrinhas e pérolas, mas eles são capazes de transformar a carinha daquele seu doce feito em casa com todo amor. 

Maçãs de chocolate feitas pela Puro Doce, com acabamento feito por
duas fitas, sendo uma delas personalizada e uma meia pérola <3

DICA 6:

Deixei essa dica por último, mas ela não é menos importante que as demais, pelo contrário, ela é sobre a grande estrela da decoração, o bolo. Já pararam para pensar nele com uma enorme sobremesa? Um bolo bem feito, reto, com detalhes bem trabalhados, combinando com a paleta de cores e decoração me faz suspirar. 

Juro gente, falei de forma poética, mas não posso ver um bolo bonito que caio de amores, tenho uma pastinha no computador repleta de bolos maravilhosos. Gosto de bolo com cara de bolo, admiro quem trabalha com esculturas mirabolantes, mas se eu fizesse uma festa no tema pirata, jamais faria um bolo de barco como esses de madeira, porque se fosse convidada para uma festa assim, iria olhar para a mesa e pensar: Ué gente, cadê o bolo?

Os bolos nesse estilo são super lindos, estão em alta que eu sei, estão em festas badaladas e são feitos por verdadeiros artistas, mas não me encantam e acho que não encantam as boleiras que fazem bolos comestíveis. 

Vejam bem, não é como você colocar um personagem na mesa, é como colocar um objeto. Vi esses dias um bolo da salve salve Ana Salinas era um Minion menina e amei, ele tinha carinha de bolo, era totalmente comestível, mas daí a você colocar uma máquina, um barco, uma nave espacial, uma cama ou livros, muda de figura, entendem?

Lembro bem quando vi pela primeira vez um bolo de escultura, eu tinha 7 ou 8 anos e já nutria uma enorme paixão por festas. Eu e meu irmão fomos convidados para uma com tema safári, cheguei lá e me encantei com a mesa, fui bem pertinho para ver o bolo e ele era um leão. Gente, eu fiquei apaixonada, um leão inteirinho deitado, perfeito. Daquele dia em diante, nenhuma festa minha passava sem que eu escolhesse pessoalmente o bolo, da massa a cor dos detalhes e pedisse pessoalmente para a minha vó fazer. Sim, minha vó Diana por muitos anos fez meus bolos de aniversário, todos lindos e deliciosos! =´)

Uma coisa que tem estado super na moda é incluir mais de um bolo na decoração e a graça para mim é colocar bolos feitos com técnicas diferentes sem perder o charme ou que sejam feitos com a mesma técnica mas combinem entre si. 

Aqui eu mostro as duas opções:

Decor: Luli Ateliê de Festas / Bolo Hand Made: Flavia Bonfim
Bolo Naked: Jorge Casquilho

Para o aniversário do Pedro escolhi três estilos bem diferentes: O bolo principal era cenográfico, mas figamos que fosse pasta americana, estilo 1. O bolo naked, estilo 2 e o hand made, estilo 3.

O naked virou uma ideia fixa porque acho o máximo e já tinha visto um bolo maravilhoso desses, feito por ninguém menos que Jorge Casquilho. Pedi ao Jorge que ele fosse Red Velvet (conhecido também como veludo vermelho, que é feito a base de geléia importada e deixa o bolo bem vermelhinho por dentro, mas é um vermelho cereja, bem lindo) e que além dos morangos que são uma das minhas frutas favoritas, caso ele encontrasse, colocasse também blue berries, que são umas frutinhas em tons de azul caneta puxado para o roxo, muito, muito fofas e azedinhas na medida certa. Gente, além de lindo, o bolo estava cheiroso demaaaaaaaaais!
O último bolinho foi um pelo qual me apaixonei na festinha da minha afilhadinha Talita, filha da Tainá, da Tai Zaluski e eu torci para que a Flávia Bonfim, criatura amiga, abençoada e talentosa pudesse fazer para mim. Deu tão certo, rs, que aos 5 do segundo tempo ela respondeu com um ‘sim’ e eu gritei de tão animada. É um bolo feito de creme de manteiga, todo trabalhado no bico de confeiteiro com pequenas rosas em degradê na ou nas cores que você desejar. É um sonho gente, parece um pedacinho de nuvem. Como era para festinha de menino, ela optou por fazer as flores menos perfeitinhas, mais como ondas, coisa linda. 

Achei que os três bolos, mesmo de estilos diferentes, ficaram perfeitos, harmônicos e conferiram personalidade a decoração. 
Loja de laços da Minnie do blog Minha Filha Vai Casar. Bolos de Luana Cataldo
da A Chocolarteira

Essa é uma super inspiração e ótimo exemplo de três bolos seguindo o mesmo estilo. O primeiro super clássico e arrojado em tons de rosa com as orelhas da Minnie que é a personagem principal da decoração. O segundo seguindo a cor tradicional da ratinha mais famosa do mundo e o terceiro condizendo com o tema loja de laços. Perfeitos, impecáveis!

Podemos perceber que os doces foram colocados cuidadosamente em forminhas simples e lindas e ilustra bem o que eu comentei sobre caprichar nos detalhes e investir nessas miudezas que fazem muita diferença. 

Se você quiser ver mais dessa linda loja de laços, acesse o blog lindo e encantador, Minha Filha vai Casar, e confira todos os detalhes dessa festinha única. Sou fã do blog há muito tempo, acompanho todas as novidades e deixo essa super dica para vocês!

Espero que tenham gostado e que muitas de suas dúvidas tenham sido respondidas, caso ainda tenham alguma, escrevam para criandoecontando@gmail.com e será um prazer ajudá-los. 

Beijos, com carinho,
Lu