Capitão Pedro e a Baleia Azul

Capitão Pedro e a Baleia Azul

Yo-Ho, Marujos!

É com muita alegria que trago para o blog alguns dos muitos detalhes incrivelmente especiais, feitos para a decoração da festa do meu filho Pedro. Tirar um tema tão revisitado do senso comum não é fácil, ainda mais quando há algumas grandes expectativas colocadas nele: Inserir todos os detalhes que meu filho pediu, fazer uma festa de criança feita para criança brincar, correr e pular de verdade e criar um cenário totalmente interativo, que adultos e crianças pudessem andar por ele, pegar as coisas e ver bem de perto.

Após duas semanas de chuvas ininterruptas no Rio, o dia 21 de Janeiro amanheceu com uma das mais fortes. Acordei de madrugada para ir ao CADEG e não pude sair no horário planejado porque era simplesmente impossível. Quando melhorou, tomei coragem e fui. Durante boa parte do caminho, vendo o céu carregado, tentei imaginar como  poderia minimizar esse problema da chuva para que as crianças ainda pudessem se divertir bastante com os brinquedos, com os personagens e como eu iria acomodar parte do buffet que planejei deixar ao ar livre para as pessoas se sentirem a vontade para pegar os lanches a qualquer momento. Sabem quando a esperança é a última que morre? Pois então…nunca fez a frase valer tanto, eu esperei com força que a chuva melhorasse, mas ela cessou, completamente, um raio de sol iluminou a parte de trás do condomínio onde moramos, logo em seguida o chão todo secou e perto da hora do almoço o sol apareceu bem forte, nos presenteando com uma das tardes mais lindas de verão do mês de Janeiro.

Todos ficaram muito surpresos, menos eu, acredito muito que a energia que emanamos, os pensamentos positivos e até a fé, são capazes de realizar coisas além da nossa imaginação, e acima de tudo, com chuva ou sol, o dia era do Pedro comemorar com sua família e seus amigos tão queridos, tão esperados, o milagre que é tê-lo em nossas vidas e de como ela foi transformada desde o dia em que soubemos que ele, finalmente, chegaria.

Foram 8 meses planejando, 4 meses produzindo todos os itens, incontáveis caixas, 14 horas de montagem, 52 metros quadrados inteiramente decorados, um espaço pensado no trânsito de pessoas, em itens que pudessem ser manipulados e 6 inter-cenários, para que Capitão Pedro e a Baleia Azul pudesse acontecer.

Gostaria de agradecer a toda minha equipe maravilhosa e meus fornecedores por embarcarem comigo em todas as minhas loucuras, por me ajudarem a fazer acontecer.

Todo o conceito, criação e desenvolvimento do projeto é do Criando e Contando, assim como absolutamente todos os mimos da decoração e a fotografia impecável, dos meus queridos amigos – aos quais jamais poderei agradecer o suficiente – Marcia e Edu da Doce Deleite Fotografia. O projeto maravilhoso dos bolos é da Rosa Pétala Ateliê de Bolos, os doces são das minhas queridas da Puro Doce e todos os biscuits perfeitos, da minha amiga Aline Carrara.

2

3

4

5

7

8

 

9

10

11

12

13

14

15

16

18

 

19

20

21

22

23

24

25

26

27

29

31

32

33

34

36

38

39

40

42

44

46

47

48  49
51

52

 

53

 

 

 
55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

 

 

Beijos,

Lu

 

Feliz livro Novo!

Feliz livro Novo!

Bom dia amores,

É emocionante escrever o último post do ano de 2014,  que foi extremamente especial na vida, graças a cada um de vocês que embarcaram comigo no Criando e Contando.

A fanpage nasceu em paralelo com o blog e rapidamente, uma pessoa totalmente desconhecida como eu, cheia de coisas para contar, imagens e opiniões para dividir, alcançou quase 5 mil pessoas e aqui no blog o marcador ficou doido, porque já no primeiro mês foram para lá de 20 mil visitantes. Um pouquinho adiante chegou o Instagran (@criandoecontando, me segue lá!) e aos pouquinhos, passinho de formiga, somos quase 4 mil e eu só posso agradecer a Deus, a minha família, aos  amigos e a vocês por isso, por acreditarem que o Criando e Contando é um canal super interessante onde vocês podem encontrar lindas inspirações para suas festas encantadoras e por quem faz essas festas acreditar que é um canal confiável para divulgar seus projetos.

Além de tudo isso, eu comecei e desenvolver projetos de decoração, que antes eram apenas para o meu filho e para os amigos, juntamente com a consultoria e tem sido um grande sucesso, todos feito com amor e dedicação, repleto de detalhes especiais assinados por mim e parceiros sem os quais não seria possível acumular tantas fofuras em cada um deles, rs. Agradeço a todos vocês, queridos parceiros, que tornaram cada pedido realidade, sempre super solícitos e comprometidos.

Esse ano muitas mudanças aconteceram e esse nosso cantinho aqui passou um tempo sendo reformulado, mas durante esse período conversamos muito através da fanpage e do Instagran, não é mesmo?? Muitas festas marcantes, recordes de visualizações,  mensagens inbox sendo respondidas com carinho e atenção, dúvidas sendo tiradas, consultorias acontecendo, festas nascendo, enfim, 2014 foi muito, muito, muito importante para mim!

Deixo vocês hoje com uma mensagem especial, um texto que li e gostaria de dividir com vocês aqui, para todos nós refletirmos sobre as muitas páginas em branco que estamos ganhando de presente, para escrever um livro novo, lindo, repleto de novas histórias felizes e emocionantes em 2015.

“Quando 2014 começou, ele era todo seu. Foi colocado em suas mãos.
Você podia fazer dele o que quisesse.
Era como um Livro em Branco, e nele você podia colocar um poema, um pesadelo, uma blasfêmia, uma oração.
Podia… Hoje não pode mais; já não é seu.
É um livro já escrito. Concluído.
Como um livro que tivesse sido escrito por você, ele um dia lhe será lido, com todos os detalhes, e você não poderá corrigi-lo.
Estará fora de seu alcance.
Portanto, antes que 2014 termine, reflita, tome seu velho livro e o folheie com cuidado.
Deixe passar cada uma das páginas pelas mãos e pela consciência; faça o exercício de ler a você mesmo. Leia tudo…
Aprecie aquelas páginas de sua vida em que você usou seu melhor estilo. E aquelas que você conheceu pessoas maravilhosas, aquelas que você se divertiu fazendo o que mais gosta. Leia também as páginas que gostaria de nunca ter escrito.
Não, não tente arrancá-las. Seria inútil.
Já estão escritas.
Mas você pode lê-las enquanto escreve o novo livro que será entregue.
Assim, poderá repetir as boas coisas que escreveu, e evitar reescrever as ruins.
Para escrever o seu novo livro, você contará novamente com o instrumento do livre arbítrio, e terá, para preencher, toda a imensa superfície do seu mundo.
Se tiver vontade de beijar seu velho livro, beije-o.
Se tiver vontade de chorar, chore sobre ele e, a seguir, coloque-o nas mãos do Criador. Não importa como esteja…
Ainda que tenha páginas ruins, entregue e diga apenas duas palavras: Obrigada e Perdão!
E, quando 2015 chegar, lhe será entregue outro livro, novo, limpo, branco e todo seu…
O qual você irá escrever o que desejar…
FELIZ LIVRO NOVO”

 

Deixo essa mensagem para vocês, assim como deixei cada uma das publicações aqui esse ano: cheia de muito, muito, muito amor!

Untitled 1

Nos vemos ano que vem!

Beijos, com todo carinho do mundo,

Lu.